28.12.08

Vive feliz com o que tens, não vivas infeliz com o que não tens porque o amanhã pode resumir-se ao dia de hoje, sem mais hora nem minuto a acrescentar. Cai como se conseguisses sempre levantar-te e ergue-te como se tivesses a certeza de que nada te derruba. Beija como se fosse a primeira vez e despede-te sempre, como se não houvesse próxima. Perde dois, três minutos a amar mais um pouco, para que no fim tenhas amado muito e tenta magoar sempre menos um pedaço para que, nesse mesmo fim, não tenhas magoado ninguém. Se por descuido o fizeste desculpa-te, com sinceridade, e repõe a verdade mesmo quando isso te prejudica, pois o prejuízo será sempre mais leve que a tua consciência. Sê fiel a ti e aos teus princípios pois só eles te conduzem aos fins que tanto desejas e, ao percorreres esse caminho, olha a meios e usa-os apenas se não tiveres que usar ninguém. Perde momentos para pensar melhor pois assim jamais te sentirás perdido e se, ainda assim, não o conseguires evitar perde-te apenas por amor e encontrarás muitos dos dois, três minutos que dedicaste aos outros. Vive feliz com o que tens…

Link Homem de Lata, às 17:46  Comentar

De Artemisa a 28 de Dezembro de 2008 às 19:32
Que palavras tão sábias! ;)

Beijinho*

De Homem de Lata a 28 de Dezembro de 2008 às 21:01
São alguns dos conselhos que dou a mim mesmo...Obrigado e beijos.

De marta a 29 de Dezembro de 2008 às 00:38
Vive, simplesmente, respira, sente, ama, ri, chora, vive, cada dia como se do último se tratasse. É o carpe diem, mas sejamos epicuristas em que para uma vida feliz, não deixemos o peso do amanhã cair sobre nós, o destino, o fado. Vivamos o presente empiricamente, e sejamos felizes.

Todos queremos seguir a yellow-brick road para voltar a casa.

De Homem de Lata a 29 de Dezembro de 2008 às 20:56
E será que esse malfadado destino existe ou somos nós que o inventamos para justificar a perda de controlo sobre as coisas? Eu, pessoalmente, já me deixei de planos. Obrigado pelo comentário e beijo.

De Júlia a 29 de Dezembro de 2008 às 11:22
Belas palavras. São óptimas para se por em prática neste princípio de ano novo que se aí vem, não é verdade?

Tens prémio no meu blog.
Boas entradas; já sabes... passas, pé direito...

De Homem de Lata a 29 de Dezembro de 2008 às 21:03
São conselhos que dou principalmente a mim próprio mas que às vezes tenho grande dificuldade em seguir ou não fosse eu apenas humano.... Acho que são recomendações para o ano e para a vida.

Em relação ao prémio só me resta agradecer pois acho que este blog, comparado com aqueles de que mais gosto, é apenas um embrião... Muito obrigado pela assiduidade e pela nomeação:-)

De Homem de Lata a 29 de Dezembro de 2008 às 21:06
e feliz Ano Novo!:-)

De susana Rodrigues a 29 de Dezembro de 2008 às 22:24
Vive feliz com o que tens é o mesmo que dizer... Vive feliz com o que ÉS! Obrigada pelo belíssimo texto e importante reflexão que nos trouxeste. Gosto sempre do que por aqui vejo. Sempre, sem excepção.
Obrigada mais uma vez.
Su

De Homem de Lata a 30 de Dezembro de 2008 às 00:06
Não tens de agradecer, faço-o com muito gosto. Gosto de te ter por aqui e fico lisonjeado com o que disseste. Obrigado eu e beijos.

De DJ a 31 de Dezembro de 2008 às 12:17
Simplesmente lindoooooooooooooooooo !!! E só alguém como tu ... com uma grandiosa alma de pequeno sábio... poderia escrever tão maravilhosos pensamentos. Já sabes que para mim, és e serás sempre, tão maravilhoso como as tuas palavras. Beijos e Feliz Ano de 2009.

De Borboleta a 2 de Janeiro de 2009 às 21:13
Adorei o post :) o que tu dizes faz todo o sentido, é a verdade da mais pura.. «não vivas infeliz com o que não tens» *

De Homem de Lata a 3 de Janeiro de 2009 às 21:48
E terás muito mais tempo para apreciar o que tens de bom. Obrigado pela visita, jokas.

De Carolina a 3 de Janeiro de 2009 às 22:32
Tens uma surpresa no meu blog :P

De Homem de Lata a 4 de Janeiro de 2009 às 14:05
Carolina, muito obrigado. Fico muito contente, não com o prémio, mas sim com o reconhecimento demonstrado por este meu humilde blog. Beijos e agradeço mais uma vez...

De Anita a 15 de Janeiro de 2009 às 14:14
Como dizem os Pólo Norte "Estou aprender a ser feliz"
É uma lição que todos nós devemos aprender:)
Parabéns pelo blog.
Beijinhos

De Homem de Lata a 15 de Janeiro de 2009 às 20:10
E todos aqueles que já aprenderam devem dedicar-se a ensinar... Beijos e obrigado pela visita.

De Ametista a 15 de Janeiro de 2009 às 21:55
Ainda existem pessoas assim? Puro como um 'homem de lata'...
Quem dera que todas as pessoas que existem à face desta terra reagissem desta forma tão digna...

Beijinho

De Homem de Lata a 15 de Janeiro de 2009 às 23:15
Tenho mais de homem do que de lata e isso envolve as qualidades, é certo, mas também os defeitos. Boa noite:-)

De penumbradanoite a 1 de Fevereiro de 2009 às 22:41
Simplesmente fantástico... Todos nós, sem duvida nenhuma, deveríamos valorizar um pouco mais o que temos e aproveitarmos a vida ao máximo, como se cada dia fosse o último! Desperdiçarmos dois ou três minutos para nos dedicarmos à introspecção e também aqueles de quem gostamos... Continua com este blog e com os teus textos! Parabéns pela criatividade e genuidade!

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS