12.7.09

A vida dá muitas voltas, é certo mas será que dá as voltas certas? Continuo a deixar cair no chão migalhas e migalhas para que não me perca, para que me encontres mas tarda a chegar o caminho certo. Pergunto-me se após tantos planos e rotas calculadas cabe ao acaso juntar-nos inesperadamente? Talvez sim, talvez não, talvez apenas. Até hoje só fiz planos para nós dois, ou não fosse eu conhecido por frases bem ao estilo do “logo se vê!” Sabes que a antecipação nunca foi o meu forte e mediante tantas pedras no caminho deixei de as apanhar e comecei a contorná-las. Aliás, posso mesmo afirmar que a minha vida se tem feito disso mesmo, de pedras e contornos mas por ti apanharei tantas quanto for preciso pois o caminho que procuro só tem destino se for a dois.   Sabes que estou à altura e embora tenha a consciência de que não vai ser fácil é-me ainda mais difícil não te ter. Vivi por muito tempo numa falsa sensação de plenitude que perdi no mesmo dia em que nos conhecemos. Até então era completo, total, inteiro e hoje não sou mais do que aquilo que sou quando estou sem ti. Uma espécie de resumo ou síntese do homem a 100% que poderia ser. Por certo que sorriria a 100%, por certo que te amaria a 100%, por certo que viveria a 100% se um dia toda esta espera me compensasse. Mas que é feito da minha oportunidade? Que é feito do meu caminho certo que procuro e procuro nesta incerteza onde me perco sem ti? Procura-me, peço-te. Deixei migalhas e migalhas, não tenho o que mais deixar e as pedras que carrego pesam tanto… mas não demais para tantas voltas, desde que sejam as certas. Sabes onde encontrar-me, agora e sempre, basta que sigas o nosso coração.

 

Link Homem de Lata, às 19:42  (21) Comentar

Porque a minha vida precisa de sal...

Categorias:
Link Homem de Lata, às 18:53  (1) Comentar

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS