23.9.11

 

Que do olhar nasça tudo aquilo que a boca não disser

Que da boca se ouça tudo aquilo que o olhar não deixar ver

Que na razão se compreenda o que o coração não entender

E que no coração se encontre o que a razão nos fizer perder.

 

Categorias:
Link Homem de Lata, às 01:50  Comentar

De Existe um Olhar a 23 de Setembro de 2011 às 11:37
Palavras sábias, que o coração parece ter ditado.

Manu

De Homem de Lata a 23 de Setembro de 2011 às 14:03
Cara Manu, prazer em reler-te!

Foi o coração que ditou de mãos dadas com a insónia :-)

Beijos e havemos de nos encontrar por aqui mais vezes.

De mariana a 23 de Setembro de 2011 às 14:51
Tiraste-me da boca as palavras que faltavam dizer, pois as minhas já estão gastas e, claro, não têm o brio das tuas... Quanto à razão, estou cansada dela. Não preciso de entender o coração desde que ele me guie na vida e me faça feliz. Obrigada por teres voltado. És sempre uma óptima fonte de inspiração :)

De Homem de Lata a 9 de Dezembro de 2011 às 22:46
Mariana, penso que as palavras não se gastam simplesmente às vezes usamo-las em vão apenas com o desinteressante objectivo de comunicar... Se porventura as sentirmos surge então o brio de que falas e que é trasnversal a quem, com o coração, não tem medo de falar:-)

De 2 linhas a 3 de Outubro de 2011 às 10:01
Não existe fórmulas, pois não?

De Homem de Lata a 25 de Outubro de 2011 às 01:04
Creio que não. Longe está o amor de ser apenas racional!

beijos e obrigado

De Homem de Lata a 9 de Dezembro de 2011 às 22:46
Penso que não, apenas oportunidades...jokas

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS