6.8.08

 

Também acordas de manhã, como se faltasse uma parte de ti mesma? Também sabes que eu existo? Também não sabes onde estou? Não sei onde estás, mas sei que vemos todos os dias o mesmo pôr-do-sol.  Amanhã, quando o sol cair, talvez nos encontremos, quem sabe? Saio todos os dias de casa perguntando-me se já nos cruzámos na rua, se fazemos compras no mesmo sítio ou se gostamos dos mesmos chocolates. Compro sempre um diferente para ter a certeza de que já provei aquele de que mais gostas. Sou muito tolo não sou? Costumo circular na rua, sem rumo, sem destino, esperando que uma daquelas ruas seja a tua, esperando que, por detrás de uma daquelas janelas, me vejas passar mas se calhar, nesse exacto momento, estás na minha rua e eu não sei. Acho que já entrei em sítios onde estiveste. Se calhar até foste tu que esbarraste comigo, à porta daquela livraria onde, tantas vezes, pensámos um no outro. Provavelmente, até já fomos ao cinema juntos e ficámos na mesma fila, quem sabe? Fomos ver um daqueles filmes de que gostamos os dois. Nada demasiado comercial, nem tão pouco que toda a gente conheça. Um filme tão diferente que é quase só nosso. Comeste pipocas? Acho que sim. Ambos sabemos que és gulosa, embora digas que não é defeito é feitio. E eu gosto desse teu feitio, mesmo sabendo és um pouco rabugenta ao acordar. Também acordas de manhã como se faltasse uma parte de ti mesma? Também sabes que eu existo? Também não sabes onde estou? Não sei onde estás, mas sei que vemos todos os dias o mesmo pôr-do-sol.  Será que neste momento estás na minha rua e eu não sei? Amanhã, quando o sol cair, talvez nos encontremos.

Link Homem de Lata, às 21:08  Comentar

De Lis a 6 de Agosto de 2008 às 21:22
obrigada, adorei a sugestão :$ mais adorei mais o post :)*

De Júlia a 7 de Agosto de 2008 às 16:58
Dentro deste homem de lata, existe um coração lindo para desvendar.
Parabéns pela pessoa que pareces ser.
Agradeço a visita ao meu cantinho.

De Homem de Lata a 7 de Agosto de 2008 às 20:07
Um obrigado sincero. Gostei das tuas palavras...

De justme_nina a 8 de Agosto de 2008 às 12:47
Não sei em que contexto escreves, mas está bonito sim.
Algo invulgar na forma de escrever. Gostei.

kiss's

De Em Fá Sustenido a 8 de Agosto de 2008 às 16:28
Oh que fofo. Realmente ser gulosa , não é defeito , é feitio. E algo facilmente , perdoável. Com certeza , com tanto amor para dar , ela simplesmente ainda não te viu sorrir ;)
Beijoca e obrigado pelo comentário , vou adicionar-te ;)

De SS a 4 de Setembro de 2008 às 18:14
Se está na tua rua?! Se não sabes...eu também não sei. Mas pelo que escreves sei que está no teu coração e de lá será muito difícil ela sair, pois infelizmente foi bem mais fácil sair da tua vida...

Adorei, está simplesmente lindo.

De Homem de Lata a 4 de Setembro de 2008 às 18:46
obrigado por essas palavras e pela visita!jokas

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS