14.7.08

 

Esta noite já estive na cama, estive lá tão sozinho que nem o sono se deitou comigo. O teu lado da cama estava tristemente arrumado e nem sequer tentaste ocupar o meu. Senti a falta dos teus braços e da tua cabeça no meu peito, estranhei, não gostei. Agora são duas da manhã e circulo pelo quarto à deriva interrogando-me porque não chegas tu. Onde estás? Porque não dizes nada? Já não estou habituado a estar sem ti, se é que alguma vez estive. Ando, sem jeito, e por pouco não tropeço nas botas que deixaste, ao acaso pelo chão. Sabes quais? Aquelas que de tão diferentes só te ficam bem a ti. Aquelas com que tentavas pisar-me sempre que dançávamos e eu não deixava. Riamo-nos tanto…. Já as arrumei para que não tropeces tu quando chegares. Ainda sinto o teu perfume naquela minha t-shirt que usaste para dormir. É a que mais gosto e por isso mesmo ta ofereci. Paro para pensar enquanto olho a nosso foto ao lado do despertador, a que tirámos no dia do nosso primeiro beijo, lembras-te? Riamo-nos tanto… Já pouco falta para as 3h da manhã e não chegas. Estou preocupado, desesperado, sinto a tua falta e apetece-me chorar porque tu não estás. Mas eis que o relógio toca e levanto-me sobressaltado para te procurar, quando afinal não são 3 mas sim 6 da manhã. Na cama continuo sem ti e agora sou dono do espaço que será teu quando quiseres. A minha t-shirt preferida, que o teu corpo perfumava, tenho-a eu vestida e as botas, que te ficam tão bem, não estão pelo chão do quarto em lado nenhum. Na nossa foto só já estou eu, como se fosse apenas metade e do nosso primeiro beijo não guardo nada senão a vontade. Estou só, sempre estive, tudo continua igual ou então tudo mudou da noite para o dia, não sei, estou confuso, mas há algo que permanece, a vontade de chorar porque tu não estás. Agora peço-te, vem deitar-te na nossa cama, vem pisar-me enquanto dançamos, desarruma o meu quarto, desorganiza o meu mundo e vem sorrir na nossa foto. Entra na minha vida e deixa-te ficar, nem que seja nos meus sonhos… vamos rir-nos tanto.

Link Homem de Lata, às 13:39  Comentar

De Lis a 27 de Julho de 2008 às 16:27
Adorei...

De Homem de Lata a 28 de Julho de 2008 às 12:36
Muito obrigado :-)

De Lis a 28 de Julho de 2008 às 12:59
:) de nada ***

De tika a 2 de Agosto de 2008 às 12:10
Nao há nada melhor na vida k rirmos-nos tanto... e qd esse riso é partilhado melhor ainda... xpero k nunca deixes d rir te tanto e k partlhes esse riso... :)

De marazul a 5 de Janeiro de 2009 às 23:32
Gostei de saber que partilhas desse sonho ;)

De Homem de Lata a 5 de Janeiro de 2009 às 23:34
Os sonhos partilhados fazem mais sentido.

De marazul a 6 de Janeiro de 2009 às 00:26
Desde que sejam com a right person, if there is such a one...

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS