4.9.08

Acho que os meus olhos amam os teus. Já não estamos juntos há tanto tempo e ainda hoje choram por ti. Já tentei que eles conhecessem outros olhos, de outras cores, mais ou menos cristalinos mas até aqui não tive qualquer sucesso. É como se tivessem passado toda a vida à espera de ver os teus e a partir daí não quisessem ver mais nada. Ambos sabemos que tens uns olhos lindos de tão diferentes que são. Às vezes dou por mim a pensar em nós e nas brincadeiras tontas que fazíamos e eis que eles sorriem como se os teus olhos estivessem por perto mas, lá no fundo, eles sabem que não e é então que choram sozinhos. Pobres castanhos que só conseguem sorrir para ti… Tanto que os meus olhos brincavam com os teus, lembras-te? Às vezes fingiam não os ver e quando eles ficavam tristes corriam logo a amá-los, fixamente, sem pestanejar. E em muitas outras vezes eram os teus olhos que me fixavam até os meus se desviarem como que envergonhados. Brincadeiras de amor, coisas de olhos apaixonados! Que faço eu aos meus olhos que amam os teus, lindos de tão diferentes que são? Explico-lhes que o amor nem sempre resulta e que há olhos que não amam os outros? Já não estamos juntos há tanto tempo e ainda hoje choram por ti. Pobres castanhos…

 

 

Link Homem de Lata, às 17:41  Comentar

De L. a 4 de Setembro de 2008 às 21:44
é o texto mais bonito que escreveste até hoje, se conseguires fazer ainda melhor, vais ser grande, muito grande.

p.s. posso colocar no meu blog, identificado?

De Homem de Lata a 4 de Setembro de 2008 às 22:05
olá. Antes de mais agradeço o grande elogio. Perguntas-me se podes colocar o meu texto naquele que para mim é um dos melhores blogs desta comunidade? Claro que sim, fico muito lisonjeado! Beijos**

De Júlia a 4 de Setembro de 2008 às 22:39
Já pensaste que quem possui algo "de tão diferente", se pode sentir estranho?

Bonito o teu texto. :)

De Homem de Lata a 4 de Setembro de 2008 às 22:51
Estranho em relação a quê? Aos meus textos? Ou falamos de algo mais profundo?Brigado!kiss

De Júlia a 4 de Setembro de 2008 às 23:17
Não! Os teus textos nada têm de estranho.
É "qualquer coisa" mais profunda.
Fica bem.

De Homem de Lata a 5 de Setembro de 2008 às 12:45
Agora deixaste-me curioso...:-)

De Em Fá Sustenido a 5 de Setembro de 2008 às 00:07
Os castanhos são sempre os que sofrem mais ..
Ainda bem que os meus tem alturas que mudam para traição .
;*

De Homem de Lata a 5 de Setembro de 2008 às 12:42
já os meus nunca mudam... grato pela visita. jokas

De Lis a 5 de Setembro de 2008 às 21:00
os olhos são preciosos na captação de momentos :) *

De Raúl Gonçalves a 8 de Setembro de 2008 às 18:43
Acho que deve ser a minha segunda passagem por este blog, mas a primeira com olhos de ver... de quem plagiaste estes textos :P

Continua a escrever, faz-te bem e faz bem a quem os lê!

Grande Abraço de Saudades!

De Homem de Lata a 8 de Setembro de 2008 às 19:16
Tas a comparar-me com quem?? lol Eu sabia que eras romântico, só precisavas de sair do armário!!!:-) Abraço amigo e obrigado pela visita.

De Feliz e forte a 8 de Setembro de 2008 às 23:07
Um dia destes descubro o teu segredo! Palavra de Margaret Tacher!
FS

De Homem de Lata a 9 de Setembro de 2008 às 23:42
Nem eu próprio descubro os meus segredos... Cuidado começas a parecer-te demasiado com o livro da Rhonda Byrne:-)

De Andreia a 9 de Setembro de 2008 às 21:39
Gosto muito do teu texto. Nunca conheci um homem que se consegui expressar assim. Às vezes gostava que o meu namorado me escrevesse textos bonitos e assim, mas ele não se consegue expressar e não gosta de escrever. Mas depois penso que ele não precisa de fazer nada disso, consigo vê-lo por dentro e sentir o que ele sente porque é o que eu sinto. Não são precisas palavras, escritas ou faladas. Consigo ver-lhe a alma através dos seus olhos (verdes,por acaso).

Desculpa ter divagado. Era suposto elogiar o teu trabalho.

Adorei. A sério. Posso por o teu texto como favorito? Ninguem o conhece mas fica lá para mim. Para futura falta de inspiração...

De Homem de Lata a 9 de Setembro de 2008 às 23:33
Então os olhos do teu namorado amam os teus... preserva esse amor. Se te inspira realmente então põe nos favoritos, é um prazer... Beijos:-)


De Pinky a 10 de Setembro de 2008 às 19:48
E os meus olhos amam os teus textos :)

De Homem de Lata a 11 de Setembro de 2008 às 18:50
grato:-) jokas

De Artemisa a 15 de Setembro de 2008 às 22:37
Que post tão triste! Então pra mim que sou apreciadora de olhos por natureza...

Mas gostei tanto que, se deixares, levo-o para os meus favoritos! :)

De Homem de Lata a 15 de Setembro de 2008 às 22:41
eu tb sou e é por apreciar tanto que escrevi este texto... Claro que podes levar, fico contente!!! Obrigado e beijos.

De marazul a 5 de Janeiro de 2009 às 23:57
Acho que nunca vou perceber pq olhos castanhos apaixonados por vezes não encontram outros iguais... Life is unfair...

 
Posts mais comentados
71 comentários
46 comentários
44 comentários
41 comentários
38 comentários
37 comentários
37 comentários
31 comentários
RSS